Simulacao-de-incendio-com-e-sem-Sprinklers (2)
Simulação de incêndio com e sem sprinklers
31 julho, 2017
Projeto de Capacitação e Nivelamento de Funcionários Sparta Engenharia
Projeto de Capacitação e Nivelamento de Funcionários Sparta Engenharia
19 setembro, 2017
Ver Tudo

Projeto de Iluminação de Emergência

Projeto de Iluminação de Emergência

Projeto de Iluminação de Emergência

A nbr 10898/99 Projeto de Iluminação de Emergência, é a norma da abnt (associação brasileira de normas técnicas) que fixa as características mínimas exigíveis para as funções a que se destina o sistema de iluminação de emergência a ser instalado em edificações, ou em outras áreas fechadas sem iluminação natural.
A fim de facilitar a elaboração dos projetos, em especial para efeito de aprovação junto ao cbmerj (corpo de bombeiros militar do estado do rio de janeiro) seguem algumas dicas importantes:

1 – Classificação da edificação – no caso do cbmerj está prevista através do art 9º do coscip (código de segurança contra incêndio e pânico)

2 – Locais de instalação do sistema de iluminação de emergência de acordo com a edificação – no interior da escada enclausurada, bem como em todos os locais que proporcionam uma circulação vertical ou horizontal, de saídas para o exterior da edificação, ou seja, rotas de saída

3 – Tipo de sistema adotado

4 – Especificação da luminária a ser adotada
· a) tipo de lâmpada;
· b) potência, em watts;
· c) tensão, em volts;
· d) fluxo luminoso nominal, em lúmens;
· e) ângulo da dispersão da luz;
· f) vida útil do elemento gerador de luz.

5 – Autonomia do sistema – de acordo com a nbr a autonomia mínima do sistema deve ser de 1h. Caso a instalação se faça no interior de escadas enclausuradas ou pressurizadas o cbmerj prevê 2h de autonomia no mínimo

6 – Especificar quando a iluminação for por sinalização ou aclaramento do ambiente – isso fará diferença principalmente no que diz respeito aos distanciamentos já que a nbr 10898 estabelece que para a iluminação de aclaramento do ambiente a distância máxima entre dois pontos de iluminação de ambiente deve ser equivalente a quatro vezes a altura da instalação destes em relação ao nível do piso. Já no caso da iluminação de sinalização os pontos devem ser dispostos de forma que, na direção de saída de cada ponto, seja possível visualizar o ponto seguinte, a uma distância máxima de 15 m.
· utilizar o método ponto a ponto para o cálculo do nível de iluminância dos locais, atentando para:
· 5 lux em locais com desnível: escadas ou passagens com obstáculos;
· 3 lux em locais planos: corredores, halls e locais de refúgio

A Sparta Engenharia Projeta, legaliza, instala e realiza a manutenção de seu sistema de iluminação de emergência. Consulte nossos profissionais. 21 3085-1637 ou envie-nos um e-mail para atendimento@engenhariasparta.com.br ou preencha o formulário em nossa página de contato clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *